Na briga por espaço entre os navegadores a Microsoft não quer ficar no meio do caminho. No entanto agora ela lança o Microsoft Edge baseado no Chrome (Google Chrome). Confira abaixo algumas das novidades dessa versão.

O modo Dark Mode (modo noturno) já é ativado quando o sistema já está nessa configuração, no entanto também existem outras opções de aparência, além disso o modo Internet Explore para empresas terá um novo recurso de coleção, isso vai facilitar a coleta de imagens, texto e informações direto da web. A versão Canary Channel está disponível para download para versões do Windows 7, 8, 8.1 e 10 além do macOs. A build Canary Channel recebi atualização quase que diariamente, isso garante estabilidade e correções de bugs do browser.

Edge no Chromium

Compatível

Uma grande ressalva para quem já usa o navegador Chrome é poder usar as extensões do Chrome no Edge Chromium. Além disso o usuário poderá fazer login e sincronizar suas contas Google e favoritos sem grandes dificuldades.

Recursos Edge

Com era de se esperar a Microsoft iria dar seus toques personalizados em novo browser. Na maior parte vemos um navegador com misturas entre as duas plataformas. No entanto, há como já citados pequenos toques da Microsoft como por exemplo a opção de acessibilidade em voz alta, onde a função faz a leitura do texto para o usuário, essa função já se faz presente no Microsoft Edge browser padrão do Windows 10.

Tudo igual

Uma das perguntas que muitas pessoas fazem é justamente, posso sincronizar meus dados assim como no Chrome? Sim, pode, favoritos, histórico tudo que você precisa pode ser feito igual no Edge Chromium. Sobre as extensões a Microsoft conta com uma loja especifica para instalação de apps clique aqui e veja, no entanto, você pode instalar extensões de outras lojas como a da Web Store da Google.

Tradutor e leitor

Além de ter a opção de leitura da página o Edge Chromium também pode traduzir conteúdos direto no navegador sem a necessidade de extensões, assim como é possível no Chrome. E como já mencionado o browser também trás alguns recursos do seu antecessor como por exemplo o modo de leitura de texto. Assim o usuário poderá selecionar alguma parte do texto de uma página da web ou o artigo todo para ele reproduzir a leitura.



Menos recursos

A grande sacada da Microsoft foi não cometer o mesmo erro do Google Chrome que é o vilão de consumo exagerado de memória ram e CPU. O Edge Chromium veio para ficar, nos testes realizados por nossa equipe ele consome 10% a menos que seu rival rodando as mesmas páginas. Além de ser mais rápido.

Modo IE

A Microsoft deixou a função modo IE para ser usado em caso específicos por empresas que ainda utilizam plataformas que funcionam com Microsoft Edge antigo. Assim se você é T.I e precisa ativar esse recurso no Edge Chromium saiba que é bem simples. Primeiro você abrir as configurações do seu navegador digitando edge://flags/ depois digite Internet Explore no campo de pesquisa.

Foto: Sayro Digital/Reprodução

Em seguida ativa a função assim como mostra a imagem abaixo. Depois reinicie seu navegador, o botão no canto superior direito será mostrado. Agora clique com botão direito do mouse sobre o atalho do Edge Chromium na janela exibida no campo “Destino” depois das aspas pressione espaço e adicione o comando abaixo. Clique em aplicar, note que uma mensagem será mostrada clique ok.

Foto: Sayro Digital/Reprodução

–ie-mode-test

Para fazer um teste abra o Edge a partir do atalho criado, clique nos três pontinhos em seguida em mais ferramentas, depois “abrir sites no modo internet explorer”.

Foto: Sayro Digital/Reprodução