Nvidia Revela DRIVE Thor

Por sayro, 23.09.2022 às 16:11 48

A Nvidia revelou, nesta terça-feira (20), o novo DRIVE Thor. Classificando-o como “superchip de proporções épicas”, o componente integra a próxima geração de computação para veículos autônomos, entrando em produção em três anos, a partir de 2025.

O Thor é o sucessor do DRIVE Orin. A ideia é acelerar a implantação da tecnologia de carros inteligentes no setor, já de olho nos modelos que chegam no mesmo ano de início de produção do chip.

“O system-on-a-chip (SoC) de nível automotivo é construído com os mais recentes avanços de CPU e GPU para fornecer 2.000 teraflops de desempenho, reduzindo os custos gerais do sistema”, diz a divulgação da Nvidia.

O chip vai unificar funções distribuídas nos veículos. Assim, cluster digital, infotenimento, estacionamento e direção assistida estão juntos para maior eficiência no desenvolvimento e iteração de software mais rápida. Ele pode ser configurado como a montadora desejar.

“Se olharmos para um carro hoje, sistemas avançados de assistência ao motorista, estacionamento, monitoramento do motorista, espelhos da câmera, painel de instrumentos digitais e infotainment são todos computadores diferentes distribuídos por todo o veículo”, disse Danny Shapiro, vice-presidente automotivo da Nvidia.

Outra promessa da empresa com o Thor é um salto na precisão da rede neural profunda. O chip ainda tem capacidade de computação multidomínio, podendo executar, simultaneamente, Linux, QNX e Android.

Essa nova tecnologia Todos os monitores e sensores dos veículos poderão se conectar ao único SoC. Além disso, os clientes podem conectar dois chips Thor por meio da tecnologia de interconexão de chip NVLink-C2C.

Comentários 0

Por favor, dê-nos o seu valioso comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Fique por dentro de tudo

    Cadastre-se e receba todos os nossos conteúdos por e-mail

      newsletter