COMPARTILHAR

Houve um grande alvoroço causado pelo vírus VPNFilter, porque ele tem como uma das funções dar acesso total aos Hackers sobre sua rede. Uma vez que o roteador esteja com esse vírus, você terá sérios problemas. Os Hackers terão acesso a todas as informações do seu roteador, o que inclui senhas de contas bancárias, contas do Google, conversas, etc.

Portanto, nesse tutorial, vamos mostrar como desativar o acesso remoto ao seu roteador, lhe dando uma solução contra esse grande inimigo.

Como funciona?

Conhecida como administração remota (ou gestão remota), essa função permite empresas ou técnicos credenciados ter acesso ao seu roteador. Mas o objetivo é simples: trocar a senha para o usuário ou mesmo fazer alguma alteração para melhorar a rede.

Além disso, para efetuar esse processo, não será preciso estar conectado a sua rede, porque essa assistência é feita a distância. Essa prática é muito comum entre as operadoras de internet aqui no Brasil.

Porém, se você nunca usou tal serviço, poderá consultar sua operadora de internet para verificar se eles usam esse meio para dar assistência a você. Caso contrário, as dicas abaixo podem lhe ajudar a evitar vazamentos de seus dados.

Além disso, ela também serve para descobrir se seu roteador está com o vírus VPNFilter, visto que essa função vem desativada por padrão. Por último, vamos mostrar como fechar essa brecha para ter sua privacidade e dados seguras.

Acessando roteador

Primeiro de tudo, vamos acessar o roteador. Portanto, clique com botão direito do mouse no ícone de rede “Abrir a Central de Rede e Compartilhamento”. Depois, clique em “Status de Ethernet”. Por fim, clique em “Detalhes da Conexão de Rede” para ver o IP de acesso ao roteador. Anote o IP e digite no navegador de sua preferência.

Verificando IP

Abra o navegador e digite o IP. Após isso, pressione Enter. Em seguida, coloque usuário e senha, que geralmente são Admin para os dois campos.



Acesse o roteador com login e senha (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Nesse exemplo aqui, usaremos um modelo da TP-Link, que é uma das marcas com vários modelos infectados. Em português, procure a opção Firewall. Depois, acesse a opção Gestão Remota.

Notas:

  • Porta de Gestão HTTP – O acesso para esta interface WEB utiliza normalmente a porta do serviço padrão 80 – HTTP. Este número também é utilizado para definir o acesso remoto às configurações do Roteador. Para maior segurança, você pode alterar a porta HTTP de gestão para um número diferente, como 88, 8080 ou 8888 (recomendados).
  • IP para Acesso Remoto – Por padrão de fábrica, o número de IP 0.0.0.0 define que esta função esteja desativada. Para ativar esta função, altere este endereço para um que seja válido (IP de internet). Neste campo, você deve digitar o endereço IP do link de internet que está conectando o computador que tem permissão para acessar remotamente estas configurações. Se digitar 255.255.255.255, todos os computadores que estiverem conectados à internet poderão acessar estas configurações, desde que tenham o Nome de Usuário e Senha de acesso.

Versão Inglês

Passo 1

Versão Inglês

Passo 2

Na porta de gestão HTTP, mude para 8080. Na opção IP para acesso remoto, deixe 0.0.0.0. Essa opção deve estar dessa forma, porque quando vem assim está desativada.

Estou infectado com o VPNFilter?

Como você viu acima, a opção Porta de Gestão HTTP e IP para Acesso Remoto devem estar com 80 e 0.0.0.0 como números padrões. Se você encontrou seu roteador dessa forma, você possivelmente não está com o vírus.

Por isso a dica de resetar de fábrica, onde essa opção voltaria a ficar padrão. Mas, caso queira mudar, bastar a seguir a nota da TP-Link nos parágrafos acima.

E como já citado, você pode entrar em contado com sua operadora para verificar se a mesma usa essa função para acessar seu roteador. Caso não, desative como já mostrado. Por fim, todas as outras dicas estão no vídeo abaixo.

Deixe uma resposta