COMPARTILHAR

Preparamos nesse artigo várias dicas completas para você, usuário e técnico em informática, remover vírus de pen drive/Hd externo.

Além disso, testar o processador (para verificar problemas), proteger pen drives e adicionar sua logo no Windows. São programas e técnicas bastante simples, porém, dicas bem úteis para você.

Dica 1 – Vírus atalho

São vírus do tipo autorun, que podem se espalhar pelos dispositivos infectados. Às vezes, são bem difícil de conter. Eles podem ser combatidos de duas formas: uma é prevenindo e a outra é agindo depois da ameaça fazer o estrago.

Nesse primeiro cenário vamos mostrar como agir depois do estrago. Baixe o arquivo no link abaixo.

C:\Users\Daniel Augusto\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\Screenshot_1.png

Arquivo Prompt

Arquivo baixado basta executar no pen drive ou dispositivo infectado, abra uma vez como administrador e deixe ele fazer o processo, depois abara ele sem ser como administrador e o deixe executar até terminar. Nota; você não irá perder os dados. Você pode fazer no PC infectado, para isso execute o arquivo direto no disco local C ou onde o Windows está instalado.

Dica 2 – Protegendo USB

A prevenção é sempre o melhor remédio, não é verdade? Portanto, podemos fazer o mesmo com dispositivos USB como pen drive ou Hd externo.

Primeiro baixe esse programa aqui. Ele é grátis. Caso queira, existe outra opção clicando aqui. Esses programas bloqueiam a pasta raiz de dispositivos USB.

imagem_protegpen02[1]

Usando o ProtegPen, execute o programa (necessário ter o Netframework 3.5). Escolha um dispositivo USB que deve estar no formato NTFS.

Nota; antes de fazer isso é melhor você criar apenas uma pasta na unidade USB. Daí, junte tudo nessa pasta, pois uma vez bloqueado, não é possível enviar arquivos no modo normal “enviar para” ou modificar essa pasta, arrastar ou renomear.



Feito isso, basta clicar em bloquear. De agora em diante, você deve copiar os arquivos e colocar dentro da pasta no dispositivo USB. Se você desbloquear a pasta, poderá ter acesso total assim como antes.

Dica 3 – Teste de estresse

Às vezes, você vai diagnosticar um comutador e ele não apresentará nada de anormal.

Portanto, mesmo se você tiver feitos testes de HD, memória RAM, ele talvez apresentará travamentos constantes . Às vezes, um teste de estresse pode ajudar você a identificar o problema (que pode ser a fonte, ou o processador superaquecendo).

Portanto, baixe o arquivo no link abaixo. Com o PC ligado sem nenhuma tarefa sendo feita, abra quantos processos conseguir usando essa ferramenta. Deixe ele ser testado.

Dica: abra antes o gerenciador de tarefas para ver como o processador está se comportando.

Arquivo Prompt

Dica 4 – Sua marca na máquina

Desde o Windows XP é possível colocar informações suas ou de uma loja nas propriedades do sistema. Isso também é possível no Windows Vista ao 10.

Resolvemos colocar aqui, para você, nossa logo para que você aprenda e modifique com suas informações.

Método com programa: para isso, baixe o OEM Configurator nesse link.

A imagem ou a logo a ser usada deve está no formato de imagem BMP (.bmp), com dimensões 120×67. Além disso, o programa não dá suporte a imagem JPEG ou outro formato, mas só BMP.

Portanto, é necessário ter o NetFremework 3.5 instalado em seu computador. Em seguida, basta o usuário preencher os campos com as informações desejadas e clicar em “Select Image“. Depois, para finalizar, clique em “save OEM informations“, e pronto.

Sugestões (nos dês mais algumas dicas)

Gostou das dicas passadas nesse artigo? Como sempre, estamos sujeitos a ajuda e opinião! Você pode mandar um e-mail para nós sugerindo alguma outra dica simples nessa mesma linha de trabalho. No e-mail seja especifico ou mande links/prints. Obrigado.

Deixe uma resposta