A Microsoft está investindo muito no Microsoft Edge e todos esses esforços já estão valendo a pena. O novo navegador da empresa é atualmente o vice-campeão na corrida de navegadores, no entanto, permanece muito distante do líder Google Chrome.

Novas estatísticas fornecidas pelo StatCounter para abril de 2022 mostram que o Google Chrome continua sendo o navegador líder na área de trabalho, com mais de 6 em cada 10 PCs atualmente executando-o. A participação de mercado do Google Chrome atingiu 66,58% no mês passado, segundo a StatCounter.

Além disso, o Microsoft Edge conseguiu aumentar sua participação de mercado para 10,07%, o que significa que aproximadamente 1 em cada 10 PCs mantém o navegador. O Microsoft Edge é o navegador padrão no Windows 10 e no Windows 11, embora as estatísticas pareçam sugerir que muitos usuários estão realmente mudando para outro aplicativo.

O Safari, que continua sendo exclusivo para os dispositivos Mac da Apple, é o terceiro com uma participação de 9,62%, seguido pelo Mozilla Firefox com 7,87%.

O Opera está muito atrás com 2,44%.

O impulso do Microsoft Edge

Embora os esforços da Microsoft para aumentar a adoção do novo Edge pareçam estar valendo a pena, o navegador teoricamente deveria ter uma participação de mercado ainda maior.

Isso ocorre porque o Edge é oferecido como o navegador padrão nas novas versões do Windows, mas, ao mesmo tempo, desistir dele até recentemente era um grande desafio.



A Microsoft tornou bastante difícil alterar os navegadores padrão no Windows 11, com a empresa decidindo fornecer uma solução de um clique no mês passado como parte de uma atualização cumulativa. Em dispositivos em que a atualização ainda não está instalada, os usuários precisam alterar manualmente todas as extensões normalmente tratadas por um navegador para o novo aplicativo que desejam usar em vez do Microsoft Edge (como Edge ou Firefox).

news.softpedia