Ao contrário do Windows 10, o Windows 11 vem com alguns requisitos de hardware bastante rígidos para processadores e outros recursos. Mais notavelmente, exige a presença de um processador de 8ª geração ou mais recente ao lado do Trusted Platform Module (TPM) 2.0 em seu PC. No entanto, há uma maneira fácil e oficial de contornar esses requisitos e instalar o Windows 11.

Editar o Registro é tudo o que é preciso para ignorar os requisitos de TPM e processador e instalar o Windows 11. Embora a solução alternativa funcione e a Microsoft não esteja planejando descontinuar o método, a atualização opcional mais recente habilitou silenciosamente um novo recurso que adiciona uma marca d’água de ‘dispositivo não suportado’ para a área de trabalho.

A Microsoft está testando a marca d’água com Insiders há algumas semanas e parece que a empresa a aprovou para os dispositivos de produção (RTM). A atualização opcional mais recente, que está disponível no Release Preview Channel, inclui a marca d’água da área de trabalho para lembrar os usuários das deficiências do sistema.

A mudança não é surpreendente, pois a Microsoft não recomenda esse curso de ação – e a empresa já havia solicitado que os usuários atualizassem seu hardware para atender ao novo padrão do Windows 11.

Marca d'água sem suporte do Windows 11

Como você pode ver, a marca d’água “Requisitos do sistema não atendidos” aparece acima do relógio e do centro de controle, e a mensagem direciona os usuários para o aplicativo Configurações.

O aplicativo Configurações também foi atualizado com um banner alertando os usuários sobre possíveis ‘danos’ a um sistema neste cenário e inclui um link para a documentação de suporte no site da Microsoft.



Aviso do Windows 11

Felizmente, a marca d’água aparece apenas na área de trabalho e não afetará aplicativos como o erro de ativação do Windows.

Embora esta seja uma boa notícia, a Microsoft alertou anteriormente que atualizações de segurança vitais podem não ser fornecidas a esses computadores sem suporte no futuro. Por enquanto, as atualizações ainda são entregues a esses dispositivos.

Como remover marca d’água

Embora o aviso “requisitos de sistema não atendidos” do Windows 11 não seja prejudicial e possa ser ignorado com segurança, ainda pode ser bastante irritante.

Felizmente, há uma maneira de remover a marca d’água. Se o seu dispositivo recebeu a marca d’água após a atualização, você pode editar o registro do Windows 11 e modificar as chaves do sistema para desabilitar totalmente as marcas d’água.

Para remover marcas d’água, siga estas etapas:

  • Abra o Editor do Registro.
  • No lado esquerdo, abra HKEY_CURRENT_USER,
  • Procure uma entrada chamada UnsupportedHardwareNotificationCache.
  • Clique com o botão direito do mouse e altere o valor SV2 DWORD de 1 para 0.
  • Reinicie o seu PC.

Após a reinicialização, a marca d’água deve desaparecer e não aparecerá novamente, a menos que a Microsoft revogue o hack com uma atualização do lado do servidor.