Algumas imagens de instalação do Windows vem com duas arquiteturas diferentes do sistema: 32 e 64 bits. No entanto, sua imagem pode acabar ficando muito pesada e talvez não seja possível gravá-la em um dispositivo de 4GB. Ou talvez você ache que a versão 32 bits já está obsoleta, pois seu computador tem mais 4GB de RAM. Seja qual for o motivo, é possível remover as versões que você não quer.

Para fazer isso sua imagem do Windows deve ser padrão “install.wim”, para converter basta acessar esse link aqui. Além disso você vai precisar do programa WinAIO Maker Professional. Assista ao vídeo abaixo para um guia completo.

Como remover a versão da imagem ISO

1. Emule ou extraia a imagem do Windows que queira usar em uma pasta separada.

2. Certifique-se que a imagem é padrão install.wim pois o programa que vamos usar só funciona com install.wim.

3. Execute o WinAIO Maker Professional como administrador.

4. Clique na opção select WINs e aponte para a pasta onde você copiou ou extraiu os arquivos da imagem do Windows.

5. Entre na pasta “sources” e selecione o arquivo “install.wim”.

6. Selecione qual versão você quer remover, nesse caso vamos excluir a x64, depois clique em “Delete Image” e confirme.

7. Em seguida clique em “Save all changes” e aguarde.

8. O programa vai perguntar se você quer deletar alguns arquivos de configuração. Clique em “Não” e depois em “Finish”.

9. Feche o programa e abra-o novamente como administrador. Clique em “Folder2ISO” e depois em “select source folder” clique na pastinha para adicionar os arquivos da pasta onde você extraiu os arquivos da imagem do Windows. Não é a pasta source, são todos os arquivos que você extraiu.

10. Agora selecione o local onde irá salvar a ISO.

11. No campo “ISO Label” pode colocar o nome de sua ISO e depois basta clicar no botão “Build” para ele começar a gravar sua imagem. Agora é só aguardar.

12. No final pode excluir os arquivos usados deixando apenas a ISO, depois faça um teste para testar a integridade de sua ISO.

Pronto tudo funcionando. Se você gostou deste artigo ou tem dúvidas ou sugestões, comente abaixo!